Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas

SE NADA FOR FEITO ATÉ AO FINAL DA LEGISLATURA SERÁ UMA OPORTUNIDADE PERDIDA!

A Federação reuniu com Secretária de Estado Adjunta e da Educação (SEAE)

Nesta reunião a Federação considerou que o Ministério da Educação (ME) não tomou as medidas que resolvessem, de facto, os problemas que afetam a Escola Pública, como a da falta crónica de pessoal, optando pela manutenção do recurso sistemático à contratação precária a tempo completo ou parcial para o exercício funções de carácter permanente, numa clara violação da Lei. Sem deixar de avaliar positivamente pequenos passos, resultantes da luta dos trabalhadores.

Foram discutidas as seguintes questões;

  • Falta de pessoal assistente técnico e assistente operacional
  • Integração devida dos trabalhadores em situação precária

 (ver comunicado)

 

 

 

Share